CRESS/PA e NUCRESS Guamá presentes em Castanhal para debater e levantar propostas para o enfrentamento à violência obstétrica.

Gestão: Não se render, nem recuar - o CRESS em todo lugar!
Autor:
imagem_destaque_29102018062209.jpg

CRESS/PA e NUCRESS Guamá presentes em Castanhal para debater e levantar propostas para o enfrentamento à violência obstétrica.


Ocorreu, no último sábado (27/11), na cidade de Castanhal, o 'I Seminário Regional de Combate à Violência Obstétrica e Neonatal'. O evento formativo teve caráter regional e abrangeu os municípios de Castanhal, Curuçá, Igarapé-Açú, Inhangapi, Magalhães Barata, Maracanã, Marapanim, São Francisco do Pará, São Domingos do Capim, São João da Ponta e Terra Alta. A ação é fruto da articulação de um conjunto de organizações sociais e coletivos organizados, que atuam na região, dentre as quais o NUCRESS Guamá, que participou ativamente junto à equipe de organização do Evento, representado pela  assistente social Carla Rafaela Sales.

Representando o Conselho Regional de Serviço Social 1ªRegião, (CRESS-PA), estiveram a conselheira Luiza Helena Santana e a assistente social Márcia Cecília de Jesus, ambas integrantes do Conselho Municipal de Direitos da Mulher/Capanema. 


A programação, que foi presencial (respeitando todos os protocolos de segurança para a COVID-19), abordou o conceito de violência obstétrica, neonatal e suas manifestações no cotidiano. Buscando contribuir com a consolidação de uma ferramenta de luta denominada FÓRUM REGIONAL DE COMBATE A VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA E NEONATAL, estratégia para estimular a construção coletiva de reivindicações e qualificação através de políticas públicas.


“Enquanto NUCRESS, participamos ativamente na construção do Fórum e do Seminário. No evento, ficamos responsáveis pelo registro das discussões e debates que subsidiaram a construção de uma Carta com Propostas a ser apresentada para o gestores públicos, parlamentares, instituições jurídicas e a sociedade em geral para aprofundar e fortalecer políticas públicas de enfrentamento a esse tipo de violência. O FÓRUM é composto por diversos coletivos e sua territorialidade abrange os 11 municípios que compõe o 3⁰ Centro Regional da SESPA - Região Metropolitana III”, explicou Carla Rafaela, membro da Coordenação do NUCRESS Guamá.


Gestão: Não se render, nem recuar - o CRESS em todo lugar!